Introdução à Conversação

Atualizado: 23 de Out de 2019


O hebraico moderno é uma língua em constante evolução. A cada ano, surgem novas palavras, sejam elas derivadas de termos já existentes no hebraico ou importadas de algum outro idioma.


Parte das evoluções estão relacionadas também à pronúncia de algumas letras do hebraico, que sofreram perdas no decorrer dos anos. Estima-se que uma das razões foi a falta de uso e registro, dada a estrutura consonantal da língua. Uma outra razão foi a diáspora, que foi a dispersão dos judeus por todas as nações. Como os residentes de muitas dessas nações falavam idiomas com uma estrutura fonética muito diferente do hebraico, existiam alguns sons que não eram naturalmente reproduzidos, fazendo com que a diversidade de sons fosse resumida em simples pronúncias.


No português, por exemplo, não temos letras que possuam sons guturais, como o das letras Resh, Ayin e Het, mas o russo e o alemão já possuem sons que chegam mais próximo de certas letras hebraicas. Da mesma forma acontece com muitos outros idiomas.


Desde 1948, quando o Estado de Israel foi fundado, o movimento sionista - movimento de retorno de judeus espalhados por todo o mundo para a 'Eretz Yisrael - tem trazido toda essa variedade de pronúncias para o mesmo lugar, gerando uma certa dificuldade de entendimento no momento da conversação.


Para uma boa conversação, é necessário muita prática e o desenvolvimento do pensamento hebreu, para que não precisemos pensar em português e traduzir mentalmente para o hebraico. Existem muitas técnicas para desenvolver esta mentalidade hebreia, como veremos no decorrer das próximas aulas.


QUER APRENDER HEBRAICO? ENTÃO ENTRE EM CONTATO CONOSCO!

Aulas em grupo ou particulares.


#cursoivrit #hebraicomoderno #hebraico #conversacao #israel #diaspora #sionismo #pronuncia

  • White Instagram Icon

© Copyright 2018 by Eduardo Carneiro

Contato

Tel: 21 96746-3573

Email: educarneiro48@gmail.com

Endereço

Rua Dr. Celestino, 48 - Centro

Niterói/RJ - CEP: 24020-091